Você conhece ou já ouvir falar sobre o aquecedor de fluido térmicoBasicamente, este é um equipamento que aquecem fluidos a altas temperaturas, que realizarão a troca de calor em ambientes produtivos.

Neste equipamento são utilizados óleos (fluidos), que assim que passam pelo aquecedor de fluido térmico, geram calor para diversos processos térmicos, caso de equipamentos de moldes aquecidos e prensas.

Além destes equipamentos, os fluidos aquecidos são também essenciais em aplicações de refrigeração, já que retiram calor do equipamento – a exemplo do radiador de automóveis, e em reatores e aplicações de geração de energia, entre outras.

Por isso, é fundamental que saibamos como funciona um aquecedor de fluido térmico, suas vantagens e características mais importantes.

Quer saber tudo isso? Então veja a seguir!

O que é um fluído térmico?

Algumas operações industriais necessitam de temperaturas que ultrapassam facilmente os 300 ou 400ºC. Com essa elevada temperatura, o simples aquecimento da água pode oferecer riscos ao processo, principalmente em razão da alta pressão gerada pelo vapor, que será o resultado do aquecimento da água.

Assim, para resolver esse problema faz-se o uso do fluido térmico.

Este é considerado um composto que possui aquecimento específico e propriedades de refrigeração que o tornam útil para uma vasta gama de processos industriais que envolvam a transferência de calor.

Quando é utilizado o fluído térmico, não se presencia a mudança de fase, ou seja, desde que seja utilizado corretamente, o óleo térmico não irá ferver quando aquecido, diferentemente da água que mudará da fase líquida para gasosa.

Assim, para que seja aquecido a altas temperaturas, um bom fluido térmico deve apresentar:

 – Baixa temperatura de solidificação;

  •  Boa estabilidade térmica;
  •  Baixa viscosidade;
  •  Elevada condutividade térmica;
  •  Ser quimicamente inerte;
  •  Possuir elevado ponto de fulgor.

Além disso, para que o aquecimento dos fluídos térmicos seja eficiente e seguro são utilizados o que chamamos de aquecedor de fluido térmico. Estes são projetados para trabalhar com a máxima eficiência de acordo com o tipo de combustível utilizado para gerar o calor necessário.

Funcionamento de um aquecedor de fluido térmico

O funcionamento e o entendimento de um aquecedor de fluido térmico é relativamente simples.

O aquecedor de fluido térmico consiste em uma câmara de combustão serpentinada, por onde há a circulação de óleo pela serpentina (fluído) que será aquecido pela ação de gases de combustão.

Assim que o fluido térmico é aquecido, ele será posteriormente levado até máquinas e equipamentos industriais que necessitam deste calor. Assim, é feita a troca de calor, com o equipamento sendo aquecido e o fluído perdendo calor.

Após essa troca de calor, o fluído retorna até a serpentina, sendo aquecido novamente. Com isso, o fluído circula continuamente, dentro do aquecedor de fluido térmico em circuito fechado.

Principais componentes de um aquecedor de fluido térmico

O aquecedor de fluido térmico é parte principal de um sistema de fluido térmico, sendo considerado o coração do sistema, já que ele é principal responsável pelo aquecimento do fluido, no caso o óleo.

Entretanto, existem outros componentes imprescindíveis para que o conjunto funcione da forma correta. São eles:

Bombas centrífugas: Componentes responsáveis por fazer o bombeamento do fluido, mantendo o óleo em circulação constante no sistema, possibilitando a troca térmica;

Rede de distribuição: São as tubulações de aço carbono, por onde o fluido se movimenta, sem perda de temperatura;

Válvulas: responsáveis por dar direcionamento ao fluxo de óleo dentro do sistema de aquecedor de fluido térmico. Realizam também o controle do volume de fluido necessário para garantir a eficiência dos sistemas;

Selo térmico: É representado por um tanque menor, necessário para proteger o óleo, deixando o tanque de expansão com menos de 60°C;

Tanque de expansão: é o componente que faz a absorção do óleo quando ele está com o volume mais dilatado.

Consumidor de calor: São representados pelos equipamentos a serem aquecidos no sistema, em geral maquinários industriais;

Além destes componentes, o aquecedor deve contar com componentes que irão manter a temperatura estável, sem grandes perdas de calor ou fuga de temperatura, além de não gerar desgaste excessivo do fluido.

Por isso é importante sempre buscar sempre a melhor empresa fabricante de aquecedor de fluido térmico. Este fabricante será o responsável por idealizar todo o projeto baseado na temperatura exigida no consumidor, distância entre aquecedor e consumidor, entre outras necessidades.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite e baixe agora mesmo o checklist Secamaq de manutenção de caldeiras